PROCURAR neste blog

domingo, 12 de junho de 2016

Sagrado Feminino

Neste blog temos várias matérias sobre o tema:

http://luaquesente.blogspot.com.br/

Agradeço enviarem comentários, especialmente realçando matérias que evidenciem a postura acolhedora

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Volume Uterino


Replico este trabalho acrescentando o gráfico didático inicial.
A intenção é demonstrar que o volume uterino aceitável é abaixo do que muitos serviços médicos preconizam.
Luiz Meira

Francisco Mauad Filho, Augusto Fernando Beduschi, Renata Alberge Giugliano Meschino Fernando Marum Mauad, Mauro da Silva Casanova*, Adilson Cunha Ferreira

 RESUMO
Objetivo: verificar a acurácia do ultra-som transabdominal (USTA) em determinar as alterações fisiológicas e patológicas do volume uterino e comparar o volume do útero ao USTA e ultra-som transvaginal (USTV), procurando verificar a relação dos métodos. Métodos: inicialmente foram revistos, retrospectivamente, 1186 exames ecográficos pélvicos (USTA e USTV), verificando-se as principais doenças e indicações para estes exames. A seguir, foram selecionados 480 USTA sem doenças uterinas e correlacionou-se o volume uterino com a idade e paridade. Finalmente, foi realizado estudo prospectivo comparando-se o volume uterino de 50 mulheres ao USTA e USTV. Para análise estatística utilizaram-se os testes t de Student e coeficientes de correlação de Spearman e Pearson. Resultados: correlacionando-se com a paridade, para P = 0 (n = 99) o volume foi de 44,4 cm3; para P = 1 (n = 72) o volume foi 58,5 cm3; para P = 2-3 (n = 137), o volume foi 75,8 cm3; para P = 4-5 (n = 56), 88 cm3 e para P = 6 ou mais (n = 26), 105 cm3, mostrando uma correlação positiva entre a paridade e o volume uterino. Com o coeficiente de correlação de Spearman obtiveram-se r = 0,59 e p = 0,001; o coeficiente de correlação de Pearson foi r = 0,55 e o mesmo p. Não houve variações significantes do volume uterino ao USTA e USTV. Conclusões: o útero aumenta com a paridade e sofre alterações do seu volume com a idade, sendo essas modificações detectadas ao USTA. Ambos os métodos (USTA e USTV) são equivalentes na medida do volume uterino; entretanto, a repleção vesical ao USTA permite melhor avaliação do comprimento uterino.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

homens e mulheres pensam diferente - Renato Sabbatini


Cadê seu órgão sexual? Não, não aquele. A resposta pode estar mais em cima, no cérebro. 

Assim como homens e mulheres são visualmente diferentes, suas estruturas cerebrais também têm peculiaridades próprias. Cada um dos sexos tende a usar o cérebro de modos distintos para, por exemplo, achar caminhos no trânsito, desengavetar lembranças, trocar idéias com amigos ou fazer compras.

As diferenças entre o cérebro masculino e o feminino são, ao lado de fatores culturais, responsáveis por aptidões mais tipicamente masculinas ou femininas. É o que acreditam pesquisadores como o psicólogo Simon Baron-Cohen, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido e o neurologista Matthias Riepe, da Universidade de Ulm, Alemanha.

O cérebro feminino, por exemplo, tende a ser mais organizado para dar conta da linguagem. Mulheres costumam se dar melhor em testes de fluência verbal. Elas têm, por exemplo, mais facilidade em recordar uma lista de palavras começando com a mesma letra.
Na orientação espacial, ponto para os homens. Na média, o sexo masculino tem também mais facilidade em visualizar objetos em rotação, identificar figuras geométricas escondidas num desenho mais amplo, calcular distâncias e velocidades. E, como os macacos machos, os homens são mais precisos em acertar objetos em determinado alvo.

homens e mulheres pensam diferente

homens e

mulheres pensam diferente





Pesquisadora da Universidade da Pensilvânia analisou cérebro humano. 
Homens aprendem uma tarefa, mulheres têm memória superior, diz estudo.

Da France Presse



Globo Repórter - Cérebro (Foto: Rede Globo)Cérebro (Foto: Rede Globo)
Homens e mulheres têm conexões cerebrais muito diferentes, revela um estudo publicado nesta segunda-feira (3), que parece confirmar estereótipos sobre atitudes e comportamentos próprios de cada sexo.
"Estes mapas da conectividade cerebral revelam diferenças impactantes, mas também complementares, na arquitetura do cérebro humano, que ajudam a elaborar uma potencial base neuronal para explicar por que motivo os homens são melhores em algumas tarefas e as mulheres, em outras", destacou Ragini Verma, professora de radiologia da faculdade de medicina da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, e principal autora do estudo, publicado nos Anais da Academia Americana de Ciências (PNAS).
O estudo, realizado com 949 pessoas (521 mulheres e 428 homens) de entre 9 e 22 anos, revela no homem uma maior quantidade de conexões na parte frontal do cérebro - centro de coordenação das ações - e na parte de trás, onde se encontra o cerebelo, importante para a intuição. As imagens também mostram grande quantidade de conexões dentro de cada um dos hemisférios do cérebro.
Tais conexões sugerem que o cérebro masculino está estruturado para facilitar a troca de informações entre os centros da percepção e da ação, segundo Ragini Verma.
Já nas mulheres, há mais conexões entre o hemisfério direito - onde se situa a capacidade de análise e tratamento da informação - e o hemisfério esquerdo, centro da intuição.
Verma explica que os homens são geralmente mais aptos para aprender e executar apenas uma tarefa, como andar de bicicleta, esquiar ou navegar, enquanto as mulheres têm uma memória superior e uma maior inteligência social, o que as torna mais aptas a executar tarefas múltiplas e encontrar soluções para o grupo.
Cérebros 'realmente complementares' 
Estudos realizados no passado já haviam mostrado diferenças entre os cérebros masculino e feminino, mas esta conectividade neuronal de regiões no conjunto do cérebro jamais tinha sido vinculada a aptidões cognitivas em um grupo tão grande.
"É também impactante constatar o quanto os cérebros da mulher e do homem são realmente complementares", disse Ruben Gur, professor de psicologia da faculdade de medicina da Universidade da Pensilvânia e coautor do trabalho.
O 'mapa detalhado' das conexões cerebrais "não apenas vai nos ajudar a entender melhor as diferenças de como homens e mulheres pensam, mas também ajudará a entender as causas de distúrbios neurológicos vinculados ao sexo da pessoa".
"As próximas investigações deverão identificar com mais precisão que conexões neuronais são próprias de apenas um sexo e quais são compartilhadas", explicou o psicólogo.
Os autores observaram poucas diferenças de conectividade cerebral entre meninos e meninas com menos de 13 anos, mas foram claras entre adolescentes de 14 a 17 anos e entre jovens adultos.
O estudo concluiu que as mulheres são superiores em atenção, na memorização de palavras e rostos, e nos desafios de inteligência social, mas os homens são mais rápidos para absorver e tratar a informação.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Alimentos

Em 24 de maio de 2012 22:15, Ana escreveu:
 
 Dr. qual alimentação para quem tem miomas, o que devemos comer?

Alimentação vitalizante nutri e regenera.


Evitar produtos que contenham possíveis precursores hormonais:
aves e ovos de granja
plásticos aquecidos no manejo dos alimentos
hormônios medicamentosos, inclusive para ossos
 
     Luiz Meira
19  9612 6029 oi
19  8263 8572 tim

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Introspeção Menstrual

Maria: Boa Noite Luiz!!!
eu: oi Maria
Maria: terceiro mes de introspecção menstrual, nada de colica nem tpm, aprovadissima a tecnica!!! Obrigada!

eu: que legal!!!!
Maria: apenas adiantou um dia esperava pra hj e veio ontem, mas tbm o calorão que anda fazendo!!!
Maria: deve ter mexido, ou eu comi mais frango, rs
Maria: mas quero te dizer que to bem, e tbm nem atualizei, deu negativo pra teniase, repeti o exame
Maria: continuo com a endolimax nana
eu: precisa usar etofamida
eu: junto com mebendazol
Enviado às 19:23 em Sexta-feira
Maria: que pena, ela é muito resistente, ou recorrente...
Maria: queria tanto engordar uns quilinhos, mas com essas quimicas...
eu: recorrente
eu: agora com o equilíbrio feminino... quem sabe induz o equilíbrio digestivo
Enviado às 19:27 em Sexta-feira
eu: lembre-se de atividade física isométrica
Enviado às 19:29 em Sexta-feira
eu: isso ajuda a aumentar músculos
Enviado às 19:31 em Sexta-feira
Maria is offline.